Gerencie as confirmações de sua clínica na palma da mão com o nosso aplicativo.

boa relação com os pacientes

Como construir uma boa relação com os pacientes

Ter uma boa relação com os pacientes é o desejo de toda clínica. Por ser um dos requisitos de uma clínica de sucesso, essa é uma das principais metas dessa área. Ter uma boa relação com os pacientes não ajuda somente no sucesso da clínica, mas no bem estar de todos os envolvidos. 

Não somente os médicos, mas todos que participam do processo de atendimento do paciente, devem estar atentos a seus comportamentos. Confira no texto a seguir as nossas recomendações para sua clínica colocar em prática e obter ótimos resultados em troca. 

Boa leitura!

Construindo uma boa relação com os pacientes

1.  Primeiro contato

O famoso ditado ‘’a primeira impressão é a que fica’’ se aplica perfeitamente à essa situação. O primeiro contato do paciente com a clínica se inicia na recepção. Por isso, é importante encontrar profissionais qualificados, que entendam a importância de um bom atendimento. Outra maneira de realizar o primeiro contato corretamente é instruir e capacitar os profissionais que já atuam na clínica.

Tratar os pacientes com educação e cordialidade são os requisitos básicos para um bom primeiro atendimento. Quem recepciona os pacientes deve sempre buscar ajudá-lo, tirar as suas dúvidas e instruí-lo dentro da clínica.

Lembrando que, esse tratamento não deve se limitar somente ao primeiro contato com o paciente. É importante manter um bom atendimento durante todas as consultas.

2. Estabeleça uma conexão

Essa recomendação é direcionada para o primeiro momento da consulta. Ao chegar no consultório, o primeiro contato do médico com o paciente deve ser acolhedor. É importante tratar todos os pacientes de forma única, isso faz com que ele se sinta à vontade.

Aqui, de novo, a primeira impressão faz grande diferença. Isso porque, se o paciente não for bem recebido pelo seu médico, não se sentirá à vontade para ser comunicativo, o que pode prejudicar a anamnese.

3. Seja um bom ouvinte

Durante a anamnese, é importante ouvir pacientemente a fala do paciente. Isso ajuda tanto quanto na construção de uma boa relação com paciente, mas também ajuda o médico a resolver o problema do paciente.

É importante demonstrar que está ouvindo-o, e acima de tudo, entendendo o que ele fala. Mesmo que ele esteja demorando para chegar no problema, saber o contexto vai ajudar na boa relação com os pacientes e também, para entender melhor esse problema. Porém, ajudá-lo a chegar direto ao ponto, de forma gentil, pode ser necessário em algumas situações.

4. Saiba se comunicar com clareza

Um bom médico é aquele que consegue se comunicar com clareza e objetividade. Em outras palavras, utilizar termos técnicos sem a devida explicação, deixando o paciente confuso. 

Além disso, é importante deixar claro os exames e procedimentos que irão ser realizados. Ter transparência sobre isso é essencial para conquistar a confiança do seu paciente.

5. A pontualidade é sempre um benefício

Para as clínicas, ter o costume de atrasar as consultas traz diversos problemas. Esse costume incentiva o atraso dos pacientes, e consequentemente o cancelamento da consulta sem aviso prévio. 

Caso algum imprevisto ocorra, é importante pedir desculpas e explicar o motivo do atraso. Isso faz com que o paciente entenda o atraso, já que pode ter sido um incômodo para ele.

6. Ofereça facilidades para seus pacientes

Demonstrar que a sua clínica está interessada em facilitar a vida dos seus pacientes é uma ótima forma de criar uma boa relação com os pacientes. Um exemplo que está sendo adotado pelas clínicas é utilizar a tecnologia para confirmar consultas. Ter essa facilidade, onde o paciente pode confirmar sua consulta pelo celular, é benéfico tanto para ele quanto para sua clínica.


Ter uma boa relação com os pacientes deve ser uma das prioridades da sua clínica. Se esse conteúdo te ajudou de alguma forma, nos siga no Facebook e Instagram, para receber mais novidades.

Post a Comment